INOVAÇÕES NA INDÚSTRIA DA MODA


Acabam de chegar algumas novidades tecnológicas na Industria da Moda que prometem mudar o jeito de criar e fabricar a moda. Estava fazendo minhas pesquisas e achei essa matéria muito interessante, por isso resolvi compartilhar com vocês! 

Longe de fantasia futurista, vamos dar uma olhada em 5 inovações tecnológicas que estão sendo testadas agora com o potencial de mudar a indústria da moda de forma que nunca vimos antes. Mesmo com a obsessão infantil da humanidade com o futuro, nos acostumamos a sermos extremamente conservadores quando se trata de nossas atitudes em relação as roupas. Enquanto os estilos, processos, materiais e técnicas têxteis de gerações passadas encontram-se infinitamente recicladas em nome da “herança cultural”, a tecnologia wearable (vestível) é muitas vezes vista com ceticismo pelos empresários do meio de moda.

Mesmo que a moda ainda continue se apegando á tradicional e antiga manufatura de tecidos, há crescentes sinais de que a coisa vai mudar, não só pela ideia de mudança para novas tecnologias, mas na realidade pelo seu enorme potencial para reinventar as roupas e como elas são projetadas, fabricadas e comercializas no mundo todo. Sempre haverá aqueles estilistas perdidos no mundo da fantasia que criam vestidos que soltam bolhas ou roupas que acendem luzes para demonstrar seu estado emocional, mas além dessas peças fantasiosas sem utilidade prática há uma nova onda de estilistas inovadores que estão mais preocupados em criar roupas realmente úteis, tecnológicas e esteticamente bonitas.

O crescimento desse nicho de mercado para moda wearable está ficando tão relevante que o site de tendências SXstyle está dedicado todo um programa semanal para falar sobre isso. Segue abaixo as cinco descobertas científicas que são muito menos coisa de ficção científica do que você imagina.

ROUPA DE IMPRESSÃO 3D

Provavelmente, você já ouviu falar da impressão 3D que está sendo muito utilizada por várias empresas nos últimos anos pela sua versatilidade e enorme potencial para mudar toda a forma de fabricação dos mais diversos produtos, simplificando os processos. Essa tecnologia ainda esbarra em alguns obstáculos para ser implementada em grande escala mas em breve isso será coisa do passado. Muita coisa mudou nos últimos 12 meses, à medida que a impressão 3D começou de forma prática a ser utilizada por algumas marcas estabelecidas e respeitáveis.a jogadores de futebol americano. Este é sem dúvida uma indicação para onde o futuro da impressão 3D estão nos levando, saindo da esfera atual dos trabalhos de designers hiper-conceituais para roupas usáveis.

ROUPAS INTERATIVAS POR NFC

Para aqueles que não estão familiarizados com a sigla NFC (Comunicação por Campo de Proximidade ou Near Field Communication) que já está mudando a face do varejo, é uma tecnologia que permite a troca de informações sem fio e de forma segura entre dispositivos compatíveis que estejam próximos um do outro. Ou seja, logo que os dispositivos estejam suficientemente próximos, a comunicação é estabelecida automaticamente, sem a necessidade de configurações adicionais. Essa é a tecnologia da Internet das Coisas.

Estes dispositivos podem ser telefones celulares, tablets, crachás, cartões de bilhetes eletrônicos e qualquer outro dispositivo que tenha um chip NFC que permite o pagamento sem fio e seu uso em lojas e exibição de publicidade, permitindo às empresas oferecer promoções direcionadas e oportunidades de marketing para qualquer um que coloque seu smartphone sobre um do pequenos tags. A melhor parte? A tecnologia NFC é barata e facilmente disponível.

MODELOS E DESFILES VIRTUAIS

Embora possa parecer que as modelos famosas estão em todos os lugares que você olhe, o fato é que elas (como todos nós) são limitadas a estarem num lugar físico de cada vez. Elas são apenas seres humanos, afinal. Mas e se os dias das modelos huma-nas estivessem contados, e que seria possível para as marcas mostrarem seus produtos como se fosse na vida real, em todo o mundo, sem a necessidade de pessoas de carne e osso para usá-los?

As marcas de moda vem desenhando roupas usando software de renderização 3D já há algum tempo, uma vez que lhes permite ajustar e aperfeiçoar os aspectos do corte e os ajustar rapidamente, com um custo mínimo.

TECIDOS QUE MUDAM DE COR

Enquanto o mundo da moda continua com sua obsessão com a “cor mais quente da estação”, um pequeno grupo de pioneiros estão aperfeiçoando os meios para reescrever o espectro completo dos tecidos. Longe das camisetas enigmáticas e sensíveis ao calor Hypercolor dos anos 90 que nunca fizeram sucesso em larga escala, os avanços modernos em tecnologia fotocromática estão apresentando algumas possibilidades intrigantes pela maneira como nos vestimos e como nossas próprias roupas reagiriam ao nosso ambiente.

O que é mais emocionante sobre a moderna tecnologia de mudança de cor é que ele está progredindo a partir de um número de direções diferentes, cada uma sendo construído sobre diferentes princípios científicos. Isso vai ser uma total revolução na indústria da moda como nunca existiu pois é a customização total da roupa com possibilidades infinitas.

TECIDOS DE AUTO CURA E REPELENTES A ÁGUA

Você pode pensar que é um material do filme “Exterminador do Futuro”, mas tecidos de auto-cura são uma realidade agora, e eles estão prestes a começar a se multiplicar. Enquanto rasgos e furos em qualquer peça de roupa são um aborrecimento, quando se trata de roupas à prova d’água o problema afeta mais do que parece. Por esta razão, os pesquisadores da Universidade Deakin, na Austrália têm trabalhado em uma tela super repelente a água feita com nanopolímeros com propriedades de auto-reparação após sofrer danos e ainda manter os líquidos fora. Isso é um milagre? O princípio básico por trás da tela é um revestimento especial que, quando danificado, se funde a uma temperatura muito baixa para selar a abertura e normalizar as propriedades à prova d’água.

Créditos: "Blog Stylo Urbano"